Filet de porco com molho de caqui

Esse final de semana me deu uma baita vontade de comer filet de porco de novo. Comprei e fiz uma receita bem legal. Ai vai. Não fiz medalhão dessa vez. Fiz outro corte, o chateaubriand. Fica maior que o medalhão, tem algumas maneiras de fazer o corte. Eu corto um medalhão um pouco maior (tem que levar em conta que o filet do porco é bem menor que o filet do boi), uns três dedos. Depois, coloco ele em pé e amasso hehehe isso ai. Pode colocar um plástico por cima e amassar com martelo ou com a mão mesmo. Eu prefiro com a mão, por que daí não fere tanto a carne. Eu gosto assim por que fica maior e mais suculento, do que só cortar um « bife » mais grosso hehehe. Essa receita tem o lado bom de só usar uma panela e uma fôrma, bom de mais…. não tem tanta coisa pra lavar depois hehehehe É isso, ai vamos a receita:

 

Chateaubriand de Filet de Porco, com molho de caqui servido com abobora recheada com farofa de banana.

 

Ingredientes (para duas pessoas)

 

– Dois chateaubrinds de filet de porco

– uma abobora italiana média, daquelas compridas e tal. Corte-a ao meio, e com um boleador retire o miolo. Cuidado para não furar a casca. Eu não tiro tudo, deixo um pouco ainda, só o suficiente para conseguir rechea-la depois. Reserve um pouco desse miolo, corte bem pequeno.

– neston, isso ai, não sei se ja passei essa receita, aprendi com o Ivo Faria, fazer farofa usando neston, fica bem bom.

– banana caturra, ou a que você gostar mais, umas duas cortadas em cubinhos

– uns 8 dentes de alho

– umas duas colheres de sopa de cebola bem picadinha

– uns dois caquis grandes e maduros.

– vinho branco, eu usei cachaça, mas da um gosto bem forte, acho que com o vinho ficaria melhor.

– manteiga, umas duas colheres de sopa

– azeite para grelhar

– ervas, eu usei tomilho

– sal e pimenta

 

Em uma frigideira média e um pouco mais alta, grelhe em um pouco de azeite a carne já temperada com sal e pimenta. Grelhe de um lado, quando começar a sair « o suco » da carne do outro lado, vire, espere um pouquinho e pronto. Reserve na fôrma. Na mesma frigideira, coloque a manteiga pra derreter, aproveitando o « fundo » que a carne deixou. Refogue o alho (bom, eu só descasco, viro a faca e amasso o alho, não corto, gosto dele inteiro. No maximo corto na metade se estiver grande de mais). Depois de refogado coloque a banana e um pouco da polpa da abobora, não coloque de mais por que se não, não da para rechear depois hehehe, refogue, desligue o fogo e coloque o neston, tanto você achar que baste. Coloque as ervas, apure o sal e a pimenta. Recheie as duas metades da abobora. Coloque na mesma fôrma dos filets, regue com um fio de azeite e leve ao forno pré-aquecido. O tempo varia, mas uns 10 minutos são suficientes para a carne ficar bem passada, mas suculenta (ninguem vai querer comer carne de porco mal passada por favor) e a abobora cozida e crocante.

Enquanto isso, usando a mesma frigideira, doure a cebola, e coloque os caquis esmagados (eu não corto com a faca não, esmago com a mão mesmo). Refogue rapidamente e coloque o vinho (ou a cachaça). Deixe apurar. Coloque sal, pimente e as ervas. É o tempo da carne e da abobrinha ficarem prontas. Talvez até mais rápido.

Daí é só montar o prato. Eu reservei alguns gomos do caqui para decorar, e com o boleador fiz uma bolinha, quando tirei o miolo da abobora.

 

Bom, não comemos com um vinho, mas deixa pra próxima hehehe

 

Aquele abraço

 

CH

Laisser un commentaire

Entrez vos coordonnées ci-dessous ou cliquez sur une icône pour vous connecter:

Logo WordPress.com

Vous commentez à l'aide de votre compte WordPress.com. Déconnexion / Changer )

Image Twitter

Vous commentez à l'aide de votre compte Twitter. Déconnexion / Changer )

Photo Facebook

Vous commentez à l'aide de votre compte Facebook. Déconnexion / Changer )

Photo Google+

Vous commentez à l'aide de votre compte Google+. Déconnexion / Changer )

Connexion à %s